Técnica de checagem para TDAH

tecnica_checagem_tdah-1.jpg

No Transtorno de Déficit de Atenção é muito comum o indivíduo esquecer objetos, tarefas, perder pertences. Nas crianças, esquecer material escolar, lição de casa, agasalhos. Isso pode atrapalhar muito a rotina diária, pois trazem entraves grandes, quando se repetem.

Tem uma técnica japonesa de redução de erros no trabalho de nome SHISAKANKO que pode ser traduzida por apontar e falar. Surgiu no início do século XX, nas linhas férreas japonesas para checar se está tudo em ordem com a sinalização e para redução de acidentes. Pode ser usada em diversas tarefas, como checagem de planilhas, em qualquer tarefa a ser realizada e pode ajudar as crianças na arrumação do material escolar, garantindo que não se esqueceu de nada. Esta técnica pode ser transferida para conteúdos da matemáticas, regras no aprendizado de uma língua, na formação de uma frase por exemplo. E pode ser utilizada por pessoas com Déficit de Atenção, para se monitorarem no dia a dia.

A junção do falar e apontar, muito provavelmente tem o objetivo de trazer o pensamento para o momento presente, sendo que no Déficit de Atenção, o pensamento é facilmente disperso, podendo estar na fantasia de uma situação, ou ficar na lembrança de algo, como na preocupação de situação futura.

É muito interessante esta prática e vai de encontro com o que se propaga na atenção plena, um tipo de meditação que ajuda o indivíduo se manter no presente, podendo ser um antídoto para pessoas que tem um padrão mais desatento.

A ideia é que qualquer indivíduo pode transformar suas dificuldades em qualidades, a depender da postura que assume perante o mundo. Na verdade, as dificuldades são ajudantes para cada ser extrair o seu melhor, se fortalecendo emocionalmente.

Deixarei o link da reportagem:

https://youtu.be/zUMJ0lAWpx0

Essência da mente 2022. Todos os direitos reservados.