--by Vanessa Loschiavo

Maconha no cérebro em formação

8 de maio de 2016 by Vanessa Loschiavo0
maconha_e_psicose.jpg

Existe uma grande polêmica em relação `a legalização da maconha. Sou contra a legalização. Vou deixar aqui minhas argumentações, sempre a favor da saúde mental.

O uso da maconha recreativo pode gerar grande prejuízo na visão de mundo que fica distorcida. Os primeiros contatos com a maconha frequentemente ocorre na adolescência. Este é um período que o indivíduo está com o cérebro em formação. O cérebro humano não nasce pronto. Algumas regiões vão amadurecendo ao longo das primeiras décadas de vida. O lobo frontal continua se desenvolvendo até 25 anos de idade, por exemplo. Esta área é responsável por funções mais sofisticadas, como direcionamento da atenção, planejamento de tarefas e reflexão. Assim o uso precoce da maconha, em especial o abuso, faz com que regiões cerebrais não tenham um desenvolvimento pleno, causando prejuízo em algumas funções. O adolescente é um ser em processo de formação, isso tanto com relação `a função cerebral, como na vida social e estruturação da personalidade.

A esquizofrenia tem seu desenvolvimento, mais frequentemente na adolescência. O uso ou abuso da maconha nesta fase, pode também gerar sintomas psicóticos, ou seja, produzir alucinações e delírios. Frequntemente, surgem sintomas ligados a persecutoriedade. Um jovem que usa maconha tem chance maior de desenvolver um quadro psicótico.

O uso precoce e abusivo da maconha propicia a síndrome amotivacional (apatia), depressão e desengajamento escolar.

Vale refletirmos sobre os motivos que alguém necessita utilizar maconha.

É para diversão? Mas, será então que a diversão sem a maconha não seria plena? É preciso ficar com a falta muitas vezes para entender o que ocorre e não tentar tapar algum tipo de “buraco”, com um recurso externo como a maconha, por exemplo.

É para se incluir em algum grupo, e ser aceito? Muitas vezes, acreditar em sua própria opinião, e ter sua convicção, apesar da opinião alheia, pode ter muito valor.

São diversas as polêmicas que envolvem este assunto. Existem estudos que relatam o uso medicinal da maconha em casos de dor, efeitos adversos na quimioterapia e espasmos musculares da esclerose múltipla. Sempre que os avanços da medicina trouxerem novas diretrizes, temos que abrir a mente, mas sempre a favor da vida, saúde física e mental.

Dra. Vanessa Calhiarani Loschiavo
Psiquiatra e Psicoterapeuta

Vanessa Loschiavo
Vanessa Loschiavo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Essencia da mente - encontrando sua essência

A Essência da Mente é uma clínica, localizada em São Paulo, que oferece diversos tipos de tratamentos para a integração e equilíbrio do ser humano.
Saiba Mais

Essência da mente 2019. Todos os direitos reservados.