--by Vanessa Loschiavo

Frear a mente para diminuir o sofrimento

8 de maio de 2016 by Vanessa Loschiavo0
freiar_mente.jpg

Na maior parte das vezes, somos escravos de nossas mentes. Fomos habituados a muito pensar, analisar e quando menos esperamos estamos mergulhados em pensamentos sem fim, que chegam a dar um nó, não chegando a uma finalização ou uma conclusão devida. Quantas vezes, nos questionamos e já respondemos, formulamos uma história com começo, meio e fim? A verdade é que quando estamos demais absortos nestes pensamentos, temos um grande gasto de energia. Além disso, estamos muitas vezes ligados ao passado ou ao futuro. O pensamento no passado está muito ligado a sintomas depressivos e o pensamento no futuro é altamente gerador de ansiedade. Se passarmos um dia inteiro, percebendo nossos pensamentos e se tentarmos contabilizar quando estamos com o pensamento no momento presente, ficaremos surpresos. É uma tarefa difícil manter o pensamento no agora. É muito comum almoçarmos, com a mente na rotina que deverá ser cumprida em seguida. Ou estarmos dirigindo e lembrando de situações que passaram em dias anteriores. As pessoas que buscam os esportes radicais como escaladas, possivelmente encontrem a paz em estarem obrigadas a ter o pensamento no momento presente, porque disso depende sua vida. Mas não vamos necessitar deste tipo de esporte para conseguir estar mais presente no agora, não é?
O primeiro passo para uma mudança é constatar esse mecanismo e entender quais prejuízos pode trazer. Compreender que este mecanismo gera um desgaste mental, é importante. Podendo levar a falta de concentração, cansaço excessivo e desatenção. Gera um hábito, o pensar em diversas coisas ao mesmo tempo, ou não estar com o pensamento no tempo presente.
Por que não praticar, estar por inteiro numa atividade? Vocês perceberão o benefício, tanto a curto prazo que é um melhor desempenho sem grande gasto de energia, quanto a longo prazo que é não ter sintomas como os descritos acima, como também de ansiedade.
Uma sugestão é não remoer, combater o pensamento compulsivo. Necessitando encontrar soluções, a reflexão é importante na forma presente. Mas existe o sentir que pode ser ativado.

Algumas dicas para diminuir o sofrimento:

– Não reclamar. A reclamação o transforma em vítima, contém uma carga negativa inconsciente. Existem três saídas para resolver situação que traz insatisfação sem reclamar: Abandone a situação, mude-a ou aceite-a.
– Limpar a poluição interior ( da mente ), pode ajudar a evitar a poluição exterior ( a do mundo).
– Admitir o medo, e estar com o pensamento totalmente no presente, corta a ligação entre medo e o pensamento.
– Colocar mais consciência em sua vida durante momentos comuns.
– Pensar no agora, no presente a todo momento, ajuda a aliviar o sofrimento, a ansiedade e o medo se desfaz.

Para quem gostou dessas reflexões pode aprofundar lendo O Poder do Agora. O livro é fantástico.

Vanessa Loschiavo
Vanessa Loschiavo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Essencia da mente - encontrando sua essência

A Essência da Mente é uma clínica, localizada em São Paulo, que oferece diversos tipos de tratamentos para a integração e equilíbrio do ser humano.
Saiba Mais

Essência da mente 2019. Todos os direitos reservados.